terça-feira, 29 de março de 2011

O gestor Eudes Carlos Caetano de Souza se reuniu com os líderes de sala para decidir o que fazer em relação aos netbooks e seu uso em sala. O projeto UCA - Um Computador por Aluno - disponibilizou para a Escola Marcílio Pontes dos Santos 392 netbooks, porém a escola aguarda por técnicos de Brasília para liberarem o sinal da internet e comecem a funcionar. Porém já entra no segundo mês de aula e nada desse pessoal. Lembrando que os professores fizeram cursos para operarem as máquinas e alguns fizeram seu planejamento baseado nesse projeto. Um outro ponto tocado foi em relação aos nets dos 3º anos que era para ter sido entregue.






segunda-feira, 28 de março de 2011

LÍDERES - UMA SOLUÇÃO?

A Escola Marcílio Pontes dos Santos realizou mais uma ação para combater o abandono. Foi feita uma eleição com campanhas e candidatos, a lider de sala. Os alunos se comportaram como políticos (bons) respondendo questões sobre o apoio que dará à sala no tratamento de assuntos de interesses da turma. Claro que para a direção e coordenação a brincadeira não para por aí. O objetivo é ter os líderes como aliados para diagnosticar um possível abandono. Os candidatos que concorreram as eleições aceitaram com antecedência um edital que rezava o perfil do líder de sala. Entre os pontos, os mais debatidos foram: o de ser um aluno exemplar e demonstrar controle com responsabilidade. No momento das inscrições os próprios alunos da sala já apontava quem não podia concorrer a vaga.

Vejam fotos da apuração (candidatos participam):

sexta-feira, 18 de março de 2011

Vacinação na escola

Mais uma vez a nossa escola colaborou com as campanhas da saúde. Os alunos foram vacinados contra a Febre Amarela. Como a maioria fugia do pátio para não tomarem a vacina, os agentes resolveram ir para as salas pegando a todos de surpresa. Dá até dó, mas é por um bom motivo. Lembrando: Ninguém foi obrigado a tomar a vacina, mesmo assim mais de 50% dos alunos foram vacinados. Essa é a turma do 3º ano C.



Esse é grandão e aguenta.




Esse chorou!